Alsa aposta no autocarro Scania a gás natural

O autocarro Scania Interlink a GNL é o único autocarro de longo curso no mundo que utiliza um combustível alternativo. Com a implementação deste veículo, a Scania dá mais um passo em frente na sua estratégia para conseguir ser a empresa líder na área dos transportes sustentáveis.

“Com este veículo damos resposta a uma necessidade muito procurada pelos nossos clientes, que é ter um autocarro movido a energia alternativa para o segmento de longo curso. A Alsa tem sido a nossa companheira de viagem com este veículo”, diz Alberto Linares, diretor comercial de autocarros e motores da Scania Ibérica.

“Na Alsa há muitos anos que apostámos no gás, porque este nos permitia dar uma solução à quota tecnológica imposta pelo Acordo de Madrid. O veículo a gás dá-nos, indubitavelmente, um TCO (Total Cost of Ownership - Custo total de aquisição) equiparável ou melhor do que o do veículo a gasóleo. O que esta tecnologia nos oferece é uma segurança absoluta do produto”, afirma Miguel Ángel Alonso, diretor-geral da Alsa. O autocarro deverá operar nos serviços regionais de transporte suburbano no âmbito do Acordo de Transportes de Madrid, ligando as cidades de Alcalá de Henares e Torrejón de Ardoz à capital, Madrid.

“Este tipo de percursos é extremamente exigente em termos da grande densidade de trânsito, da circulação e do elevado volume de passageiros. Isso obriga-nos a ter autocarros que proporcionem um elevado conforto aos passageiros e um baixo nível de emissões. Além disso, tecnicamente, tem de ser suficientemente fiável para que possamos ter uma elevada disponibilidade”, diz José César Plana, diretor de zona da Alsa.

Este autocarro Scania a GNL, como qualquer veículo Scania, está ligado à rede e fornece informações instantâneas sobre o funcionamento do veículo. “

Estes permitem-nos personalizar a manutenção do chassis, encontrando a melhor solução tanto para a prevenção como para a previsão”, explica Fernando Bustamante, diretor de serviço da Scania Ibérica.

O veículo Scania Interlink a GNL é único no mundo por duas razões:

- É o único autocarro de longo curso alimentado por este tipo de tecnologia.

- É o único autocarro movido a gás com uma autonomia até 1200 km.

“O futuro do GNL é um futuro muito promissor e totalmente necessário, porque é uma das possíveis soluções que teremos no futuro para encontrar energias alternativas no segmento do longo curso, que é um dos objetivos que temos na Alsa”, indica Miguel Ángel Alonso, diretor-geral da Alsa.

Autocarros Veículos a gás natural Scania