IVECO entrega 16 camiões à TMB

A IVECO realizou a entrega de 16 unidades do modelo Stralis XP 460 à empresa Transportes Magalhães & Bruno (TMB), que foi a segunda parte da aquisição de um total de 36 camiões, com as primeiras 20 unidades já entregues em 2017.

Fundada em 1989, a empresa Transportes Magalhães & Bruno, dedica-se à prestação de serviços de transporte e logística, a nível nacional e internacional. A parceria com a IVECO já tem mais de 25 anos, conforme explica José Magalhães, gerente da empresa, “fomos um dos primeiros transportadores a acreditar no produto e sobretudo acreditamos nas pessoas que representam a IVECO ao longo destes anos. Estamos contentes e essa é uma das razões porque temos continuado a apostar na IVECO”.

As 16 unidades do modelo Stralis XP dispõem de cabina de longo curso, denominada AS Hi-way com 12 m3 habitáveis, duas camas de alto conforto, dois frigoríficos (um com capacidade de 50L e outro de 25L, ambos retráteis com refrigeração e congelador). A marca efectou diversas alterações ao nível “da ergonomia em termos de bancos, botões e consola central; foi tudo preparado para que os motoristas se sintam na sua primeira casa”, salienta Bernardo Canelo, gestor de produto da IVECO.

Equipado com a motorização Cursor 11, motor de 11 litros, com uma potência de 460 cv com caixa automatizada predictiva Hi-Tronix de 12 velocidades, onde tem gravada toda a geolocalização e permite uma poupança de combustível nomeadamente em situações de subida. A que se juntam os sistemas de poupança de combustível EcoSwitch, Eco-Fleet e o Eco-Roll.

Actualmente, a redução do consumo combustível é um dos factores mais importantes, por isso o modelo XP conta com alternadores inteligentes, denominados smart, e compressores tudo para rentabilizar ao máximo a poupança de combustível. Os responsáveis da marca, referem que com esta versão é possível obter uma poupança de consumo de combustível a rondar os 6%.

Em termos de segurança activa e passiva encontram-se equipados com o ACC - Adaptive Cruise Control (Controlo adaptável da velocidade de cruzeiro) totalmente integrado com o AEBS - Advanced Emergency Braking System (Sistema avançado de travagem de emergência) de nível 2, e LDWS - Lane Departure Warning System (Sistema de alerta de saída da faixa de rodagem).

A TMB possui escritórios e armazéns em Lisboa, Porto, Madrid e Barcelona, especializou-se no transporte de mercadorias na Península Ibérica, sendo esta a rota que os camiões vão realizar.

“Já temos o modelo anterior do XP 460 e tem dado bons resultados em termos de fiabilidade, como de consumo de combustível, e acreditamos que com as novas tecnologias que foram aplicadas nestes modelos que para o tipo de serviço que temos e com a assistência que nos dão é o camião ideal para conseguirmos atingir os objectivos e servirmos em condições e a tempo e horas os nossos clientes que é isso que nos move” afirma José Magalhães.

A frota da TMB é constituída por 90% de veículos IVECO, e Bruno Magalhães, gerente da empresa, explica a importância dos custos de operação na decisão de compra. “Nós não compramos camiões apenas pelo preço, compramos camiões pelo custo do contrato, ou seja, analisamos as variáveis todas desde o primeiro dia ao último dia e como temos desde o primeiro modelo do Stralis, o custo camião nós temo-lo bem estudado e com os últimos XP que compramos baixou drasticamente o custo de operação. E nós compramos mais pelo custo de operação do que propriamente pelo preço inicial do camião. O que nos preocupa é na vida útil do camião quanto é que este nos vai custar”.

Sandra Resende, directora da IVECO, esteve presente na entrega à TMB que é um dos clientes mais antigos da marca. “É um cliente extremamente importante para nós é um cliente bandeira e para nós é um privilegio continuarem a apostar em nós e esperamos estar sempre à altura das expectativas e das necessidades dos nossos clientes. É extremamente importante mantermos esta parceria porque significa que estamos a conseguir ir ao encontro dos nossos clientes, quer ao nível de produto, quer ao nível de necessidades de manutenção e quer ao nível de relações por este negócio também se faz muito ao nível de relações”.

A politica de proximidade é um dos conceitos mais relevante para a IVECO, porque “a venda não termina no momento da entrega dos veículos, uma venda para nós é uma parceria, e, portanto, é muito importante a proximidade com os nossos clientes, e que estes tenham confiança na organização e nas pessoas e o resultado disso é que nós tivemos no ano passado uma série de mudanças, mas tivemos sempre pessoas chave que foram acompanhando os nossos clientes. A proximidade é uma filosofia da Iveco não só com os nossos clientes, mas também com os fornecedores e com os nossos colaboradores porque só assim conseguimos fazer a diferença em relação às restantes marcas”, concluiu Sandra Resende.

IVECO Camiões Pesados Transporte