Scania líder de mercado pelo quinto ano consecutivo

O fabricante sueco encerra 2019 como líder de mercado em Portugal, com uma quota de mercado de 24,8% e 1038 unidades matriculadas. A Scania também foi líder do mercado ibérico no fecho do exercício de 2019.

No decorrer de 2019, foram matriculados 1038 veículos Scania, o que significa uma quota de mercado de 24,8% e a primeira posição no ranking de fabricantes de veículos de 16 toneladas, com mais seis pontos percentuais acima da segunda marca.

A Scania mantém esta liderança no mercado português desde 2015, ano em que obteve a primeira posição com uma quota de 19,2%. Um número que não tem parado de crescer nestes últimos cinco exercícios.

No que toca ao mercado ibérico (Portugal e Espanha), a Scania encerrou o exercício de 2019 com 4463 veículos matriculados, número que lhe confere uma quota de 17,9% e lhe permite ocupar o primeiro lugar no mercado de camiões de 16 toneladas.

Para Sebastián Figueroa, diretor-geral da Scania Ibérica, a chave desta trajetória é “a aposta na sustentabilidade, com tudo o que isso implica. Os veículos Scania são cada vez mais eficientes, alcançando consumos de combustível imbatíveis, apoiados por serviços baseados na conectividade. Gostaria de fazer especial menção aos bons resultados demonstrados pelo nosso mais recente motor de 540 CV de 13 litros, os seus consumos são incríveis, comparáveis a motores de menor potência, mas com maior binário. Além do mais, contamos com a gama mais vasta de veículos movidos a combustíveis alternativos, na qual os veículos de GNL e de GNC servem cada vez mais aplicações, pelas suas prestações semelhantes ao gasóleo. Tudo isto em conjunto com uma rede de serviços qualificada, formada por grandes profissionais orientados para obterem a máxima rentabilidade das operações de transporte dos nossos clientes”.

Scania Camiões Transporte