ANTP alerta para transtornos causados pela greve dos estivadores

A Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas emitiu um comunicado onde faz uma chamada de atenção para os transtornos que podem surgir devido à greve dos estivadores.

Passamos a transcrever na integra o referido comunicado:

"Foi anunciado o pré-aviso de greve dos estivadores por parte da SEAL, no porto de Lisboa, com a possibilidade do seu alargamento ao porto de Setúbal - das 8 horas do dia 19 de fevereiro às 8 horas do dia 9 de março 2020. A SEAL comunicou ainda que durante o período de greve, será definido um horário restrito de funcionamento para entrega e levantamento de contentores, do dia 19 de fevereiro a 04 de março, das 17h00 às 20h00 e das 21h00 às 24h00.

A ANTP considera o período de funcionamento reduzido e prejudicial no que respeita à produtividade das empresas, submetendo as mesmas a despesas extra e à necessidade de reorganização dos horários de trabalho dos seus motoristas, respeitando os tempos de condução e descanso obrigatórios, uma vez que a maioria dos recebedores só trabalham no período entre as 8h00 e as 18h00.

A ANTP aconselha todos os seus associados, transportadores de contentores e clientes em geral, que no período da greve programem o desvio das mercadorias para outros portos que não estejam abrangidos pelo pré-aviso de greve de forma a evitar custos extra, devido aos possíveis atrasos na entrega ou receção dos contentores.

Devido à situação exposta e, uma vez que as empresas de transporte encontram-se sobrecarregadas financeiramente com os aumentos do CCTV e outros, a fim de manterem a sua sustentabilidade, recomendamos que todas as empresas que tenham que se deslocar aos terminais em greve (Sotagus - Santa Apolónia, TMB - Beato, Liscont – Alcântara), que informem os seus clientes que a partir das 2 horas de espera (iniciando a contagem a partir da hora da emissão da guia do interchange), cobrem as restantes horas, conforme tabela do Acordo Quadro em vigor.

A decisão exposta neste documento foi resultado de reunião entre a Direção da ANTP, com a participação da Direção da ANTRAM, e empresas de transporte de contentores que no passado dia 11 de fevereiro de 2020 se reuniram em Loures.

Uma vez que estas situações de greves consecutivas já se arrastam há vários anos, com enormes prejuízos para clientes e transportadores e consumidores em geral, ficou também decidido na reunião solicitar reuniões de carácter urgente com as entidades dirigentes (ministro das infraestruturas e da habitação e ministro do mar), com o intuito de encontrar soluções para o término destas situações que nos afetam a todos".

Cargas Greve Transporte