Gestão de Frota da Scania ganha o Prémio Telematik

O Portal de Gestão de Frota da Scania e os Serviços Tacográficos da Scania receberam o prestigiado Prémio Alemão Telematik na categoria “Melhor Sistema de Gestão de Frota”. Esta é a terceira vez que o sistema de Gestão de Frota da Scania foi reconhecido no Prémio Telematik com vitórias em 2016 e 2018.

“O número de funções diferentes neste sistema de gestão de frota é enorme, mas graças à estrutura bem-planeada, não confundem o utilizador”, afirmou o Dr. Kurt-Christian Scheel, Diretor da Associação Alemã da Indústria Automóvel (VDA), quando anunciou o prémio.

Em 1999, a Scania começou a trabalhar com unidades de comunicação de veículo e criou o Portal de Gestão de Frota da Scania. Em 2011, a Scania foi pioneira na introdução da unidade Comunicador Scania como padrão em todos os camiões produzidos. Desde então, a Scania tem tido um rápido crescimento de veículos conetados, como truck, autocarros e, mais recentemente, também motores industriais e marítimos. Em 2016, foi lançado o novo Portal de Gestão de Frota da Scania e o portal continua a ser interativamente melhorado. Agora, em 2020, a Scania recolhe e dissemina dados de mais de 430 000 veículos em todo o mundo.

Relatórios semanais de motorista e veículo

Os clientes Scania recebem relatórios semanais com dados básicos sobre o desempenho do veículo que mostram como é afetado o consumo de combustível e a pega de CO2 para o veículo analisado, e ainda a tendência do período anterior. Além disso, os dados dos veículos conetados são utilizados para planeamento da manutenção do veículo, adicionando as reparações necessárias para manutenção ocasional com base nos defeitos indicados pelo motorista utilizando a app de Frota da Scania, ferramenta que faz parte da oferta.

Bem mais de um quarto da população total de veículos conetados, os proprietários de camiões e autocarros também subscrevem ferramentas adicionais para uma análise mais aprofundada do desempenho do motorista, utilização de frota, posicionamento de veículo e alarmes de posicionamento. Além do Portal de Gestão de Frota da Scania global, o Sistema Tacográfico da Scania oferece aos clientes Europeus a descarga remota do serviço em conformidade com a legislação da UE sobre os regulamentos de tempo de condução.

Incrível facilidade de utilização

“Basicamente, todos os sistemas tacográficos e de gestão de frota no mercado oferecem o mesmo tipo de funções”, afirma o Proprietário de Produto Sénior, Johan Marks, da Scania. “O que realmente nos distingue, e que foi reconhecido pela vitória do prémio três vezes na história dos prémios com dez anos, é a facilidade de utilização do nosso sistema. Aquando do desenvolvimento do sistema, a experiência do cliente e suas necessidades são sempre considerações importantes uma vez que nos últimos anos também nos centrámos muito naquilo que os clientes assumem como garantido como, por exemplo, estabilidade, capacidade e qualidade de dados. O crescimento em volume de veículos conetados foi massivo e a migração para soluções com base na nuvem provaram, assim, ser algo imprescindível.”

De modo a manter-se no topo da competição, a Scania continua a desenvolver a sua oferta de conetividade. Recentemente, a Scania apresentou as características de monitorização de reboque que será alargada com oportunidades para verificar mercadorias de temperatura controlada. Outra área nova é a Scania Zone, onde os veículos, através do Portal de Gestão de Frota, podem ser programados para cumprir com os regulamentos específicos de zona como, por exemplo, normas de velocidade, ruído ou emissões.

Monitorização de objetivos climáticos

A Scania tem o compromisso de alcançar os ambiciosos objetivos climáticos de base científica (SBT), que não abarcam apenas as suas próprias operações, mas também as dos seus clientes. A partir de um termo de comparação, a Scania definiu o objetivo para reduzir as emissões de carbono dos seus produtos em 20 por cento em 2025.

“O sistema de Gestão de Frota da Scania será instrumental para os nossos clientes na monitorização de progresso SBT”, afirma Marks. “Se nós, por exemplo, conseguirmos convencer as transportadoras e motoristas a fazer algo tão simples como reduzir a velocidade de 90 a 80 km/h, que monitorizamos no sistema, as emissões de carbono podem ser reduzidas em dez por cento, enquanto que a perda no tempo de transporte total é de apenas um por cento.”

Camiões Scania Telemática Prémios