Michelin e DHL Express testam os pneus sem ar MICHELIN UPTIS

Uma frota de 50 furgões de distribuição da DHL Express montará o pneu sem ar MICHELIN UPTIS1, para efetuar entregas de última milha em Singapura antes do final de 2023. O programa piloto terá início com os primeiros veículos equipados com esta tecnologia a circularem a partir de 10 de janeiro. Deste modo, a tecnologia MICHELIN UPTIS será ensaiada em condições reais um ano antes do previsto, graças à colaboração entre Michelin e DHL.

O protótipo MICHELIN UPTIS é um conjunto jante/pneu à prova de furos, destinado a automóveis de turismo e furgões ligeiros, que, em vez de ar, utiliza uma estrutura revolucionária, capaz de suportar o veículo, assegurando a robustez da roda, e garantindo o conforto e a segurança durante a condução. Concebido como uma solução “plug-and-play”, o MICHELIN UPTIS permite aos utilizadores não terem de preocupar-se com os perigos da estrada que possam afetar os pneus, e limita o número de pneus inutilizados devido a furos.

O MICHELIN UPTIS permite à DHL otimizar a produtividade da sua frota, uma vez que são eliminados os problemas relacionados com a perda de pressão dos pneus e os furos, reduzindo a frequência de substituição dos mesmos.

“Enquanto pioneiros em logística ecológica, estamos entusiasmados por nos associarmos à Michelin para testar os seus pneus sem ar nos nossos veículos em Singapura. Esta colaboração representa mais um marco para nós, dado que nos propusemos tornar mais sustentáveis as nossas operações de última milha, e alcançar zero emissões líquidas de carbono em toda a rede da DHL a nível mundial”, afirma Christopher Ong, Diretor da DHL Express Singapura.

“O MICHELIN UPTIS é o resultado de umas cinquenta patentes relacionadas com a estrutura e com os materiais de alta tecnologia do pneu, e demonstra a capacidade de inovação da Michelin em prol de una mobilidade mais segura e sustentável. Estamos encantados que a DHL confie na Michelin para equipar a sua frota com os primeiros pneus MICHELIN UPTIS, comercializados um ano antes do previsto”, declarou Bruno De Feraudy, Diretor de Atividades OEM do Grupo Michelin.

A tecnologia sem ar é a chave da visão da Michelin de um pneu totalmente sustentável para 2050. Atualmente, 20% dos pneus são prematuramente inutilizados devido a furos e a baixa pressão de insuflação (12%), ou ao desgaste irregular causado por uma pressão deficiente (8%). Com base em pesquisas internas2, a Michelin prevê que a tecnologia sem ar MICHELIN UPTIS poderia evitar a inutilização prematura de até 200 milhões de pneus por ano em todo o mundo, ou uma poupança de 2 milhões de toneladas de material, o equivalente a cerca de 200 vezes o peso da Torre Eiffel.

Aftermarket Michelin Pneus Segurança