HAVI e a Scania anunciam iniciativa para minimizar a pegada ambiental

A rede logística da McDonald's percorre anualmente mais de 400 milhões de quilómetros para transportar bens alimentares. Além de garantir que milhares de produtos cheguem diariamente aos restaurantes da McDonald's de forma segura e nas melhores condições, a McDonald's mantém um firme compromisso com os seus fornecedores, para minimizar a pegada ambiental nas suas actividades logísticas.

Neste sentido, a HAVI Espanha prevê, antes do final do ano, acrescentar 14 veículos a gás à sua frota de distribuição de produtos aos restaurantes McDonald's a partir dos centros da HAVI em Madrid e Barcelona. Destes veículos, 12 funcionam a gás natural liquefeito (GNL) e os restantes a gás natural comprimido (GNC). Anteriormente, a HAVI Espanha dispunha já de dois camiões a GNC, pelo que a companhia passará a ter um total de 16 veículos a gás.

Esta associação é um exemplo de como as empresas de transporte, os fornecedores de serviços de logística e os fabricantes de camiões podem trabalhar em conjunto para liderar a mudança para um sistema de transporte sustentável
Sebastián Figueroa, Director Geral da Scania Iberia

Estes camiões foram concebidos para não contaminar o ar e, desse modo, contribuem para reduzir significativamente as emissões de carbono nos núcleos urbanos. O GNL e o GNC reduzem as emissões de carbono em aproximadamente 20%, prevendo-se que se esta aposta pelo aumento dos veículos a gás continuar, a cadeia de abastecimento da McDonald's acabe, no futuro, por utilizar biogás liquefeito e comprimido, que possa ser misturado com o gás natural ou substitui-lo por completo. Ao utilizar biogás, a redução das emissões de CO2 atingirá os 90%, logo que este biocombustível esteja disponível no mercado.

Equipados com motores de baixas emissões de ruído e sistemas de refrigeração, os novos camiões são também muito mais silenciosos do que os veículos de entregas convencionais, o que também ajuda a reduzir a poluição sonora nas entregas urbanas. Concretamente em Madrid, os veículos irão estar equipados com sistemas de refrigeração elétricos especiais para reduzir ainda mais as emissões de carbono e os níveis de ruído.

O itinerário dos combustíveis ecológicos HAVI-Scania está diretamente alinhado com o Plano de Apoio à Mobilidade Alternativa (MOVALT), uma iniciativa do governo espanhol que promove a substituição das frotas de transporte rodoviário por veículos de baixas emissões.

O anúncio da HAVI e da Scania, que pressupõe um apoio à iniciativa Scale For Good, da McDonald's, implica o compromisso global da companhia para fazer face aos principais desafios globais que a sociedade enfrenta, entre os quais a sustentabilidade e a luta contra as alterações climáticas, assumindo especial importância.

Como fornecedor líder na logística da McDonald's, a HAVI desempenha um papel fundamental para o êxito dos esforços de sustentabilidade da empresa na sua iniciativa Scale for Good. Na linha deste compromisso, a HAVI uniu esforços com o fabricante de veículos Scania, com vista a implementar um percurso de cinco anos, a fim de reduzir significativamente a pegada de carbono e o impacto ambiental geral da cadeia de abastecimento da McDonald's. Em Espanha, as duas empresas estão a alargar ainda mais os seus limites, acelerando a entrada em funcionamento de veículos de abastecimento de combustível alternativo.

John Alves, Director Geral da McDonald's Espanha, comenta: “A inovação é absolutamente necessária no nosso percurso rumo à sustentabilidade, como parte da nossa estratégia global Scale For Good. Nesta linha, trabalhamos dia-a-dia junto dos nossos fornecedores, como é o caso da HAVI e da Scania, para criar e implementar soluções inovadoras que contribuam para melhorar a sustentabilidade da nossa cadeia de abastecimento.”

Rafael Gómez, Vice-presidente Senior de Gestão de Operações e Transporte da HAVI, acrescenta: “Como fornecedores líder de logística da McDonald's, temos o claro compromisso de apoiar a estratégia Scale For Good da companhia e todas as suas iniciativas de sustentabilidade. Queremos ser pioneiros na mudança para novos padrões no sector das entregas urbanas e implementar medidas específicas para beneficiar o meio ambiente e contribuir para o bem-estar das comunidades em que operamos".

Sebastián Figueroa, Director Geral da Scania Iberia, comenta: “Esta associação é um exemplo de como as empresas de transporte, os fornecedores de serviços de logística e os fabricantes de camiões podem trabalhar em conjunto para liderar a mudança para um sistema de transporte sustentável. É esperançador constatar que cada vez mais clientes, e os clientes desses clientes, exigem este tipo de solução”.

Camiões Veículos a gás natural Sustentabilidade Transporte