Scania apresenta o novo motor a gás de 13 litros

A Scania é conhecida pela sua vasta gama de opções de grupos propulsores de baixo teor de carbono, orgulhando-se agora por acrescentar o novíssimo motor a gás de 13 litros que pode funcionar com gás natural e biogás - independentemente de o gás estar em forma comprimida ou liquefeita - bem como novas opções de tanques.

O novo motor permite aos operadores de viagens darem passos enormes na direção da sustentabilidade. “O nosso motor a gás de 13 litros e as novas opções de tanques facilitam a mudança para o biogás sem problemas de autonomia, fornecendo ao mesmo a energia necessária para qualquer operação. Outra das vantagens reside no facto de não ser necessário um grande investimento", referiu Jonas Strömberg, Diretor de Sustentabilidade, Scania Buses & Coaches.

Atualmente, o biogás é utilizado de forma comprimida principalmente por autocarros urbanos, automóveis e veículos ligeiros de transporte, mas tem sido menos competitivo para os veículos pesados de longo curso. Nos últimos anos, existe tecnologia que permite arrefecer o biogás, transformando-o em líquido e mais denso em termos de energia. Isto permite utilizar o gás para o transporte pesado. As novas opções de motor e tanque fazem disso uma realidade para os autocarros Scania. “O biogás será uma das ferramentas-chave para a descarbonização do transporte pesado - especialmente para operações interurbanas e de longa distância. Metade da frota de gás pesado da Europa poderia ser alimentada com biogás até 2025", referiu Jonas Strömberg. Está igualmente em curso a expansão das infraestruturas de tanques de gás liquefeito na Europa.

A Scania desenvolveu motores a gás para gás comprimido e liquefeito durante mais de um século, disponibilizando agora a tecnologia para operadores que necessitam de mais potência de motor. Funcionando tanto com gás liquefeito (LBG/LNG) como com gás comprimido (CBG/CNG), os benefícios do novo motor são muitos: pode utilizar combustível não fósseis, renovável e produzido localmente, reduzindo as emissões. “O biogás não é apenas um dos combustíveis com menores emissões de CO2 - também resolve problemas de resíduos locais, cria empregos a nível local, trazendo de volta carbono e nutrientes para o solo. É economia circular na prática,” acrescentou Strömberg.

Ao mudar para o biogás líquido produzido localmente como combustível, os operadores podem reduzir tanto o seu próprio impacto climático como o dos seus clientes em mais de 90 por cento. A qualidade do ar em geral é positivamente afetada pela redução das emissões, sendo que os veículos mais silenciosos beneficiam os condutores, os passageiros e a tripulação.

Com a possibilidade de utilizar gás liquefeito e com as novas opções de tanques, a gama obtida será suficiente para qualquer operação de viagem. A combinação do grupo motopropulsor também permite construir autocarros da mesma forma que anteriormente com os motores diesel.

Além disso, o motor de 13 litros fornece a potência e o binário dos motores diesel equivalentes, significando que até pode enfrentar os desafios mais difíceis. Isto torna-o a opção mais sustentável e viável do mercado para operadores de longa distância.

Além disso, os motores a gás Scania não necessitam de aditivos para utilizar o combustível, eliminando a dependência da disponibilidade do aditivo, tudo isto enquanto reduz os custos operacionais. “Eu diria que o Scania OC13 é mais verde, mais limpo, mais inteligente e mais silencioso... E talvez o mais importante, é uma solução que está disponível hoje, permitindo aos operadores de viagens dar, aqui e agora, um enorme passo na direção de um transporte sustentável!”, concluiu Strömberg.

O motor a gás de 13 litros está disponível como opção no recém-introduzido chassis Scania K de piso elevado. O novo chassis fornece a grande dirigibilidade e fiabilidade associadas à Scania, em conjunto com um aumento da capacidade de carga no eixo dianteiro em 500 quilos, permitindo uma melhor distribuição do peso e uma maior capacidade de passageiros e bagagem.

O chassis também tem uma suspensão recentemente desenvolvida para maior conforto, uma nova área de condução de primeira classe, bem como características de segurança acrescidas e sistemas avançados de assistência ao condutor. Além disso, fornece reduções significativas no consumo de combustível sem comprometer o desempenho - e é compatível com os novos serviços orientados por dados que ajudam a aumentar tanto o tempo de funcionamento como a segurança

Veículos a gás natural Scania Transporte Logística