Aberto concurso para a concessão do Terminal Multipurpose de Sines

A Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) colocou no mercado o procedimento que visa a celebração de Contrato de Concessão de exploração, em regime de serviço público, do Terminal Multipurpose de Sines (TMS), vocacionado para a movimentação de mercadorias diversas, incluindo contentores, granéis e cargas de projeto.

As condições do concurso foram desenhadas com o objetivo de colocar à concorrência um processo de concessão flexível, que possa ser atrativo para operadores de média/grande dimensão com diferentes vocações, que se disponham a assegurar simultaneamente a movimentação das cargas de proximidade e a reconversão da atividade do terminal. O prazo de concessão será proposto pelos concorrentes, sujeito a um máximo de 30 anos.

O Concurso será integralmente tramitado através da Plataforma Eletrónica de Contratação Pública da Saphety, acessível através do sítio eletrónico https://www.saphetygov.pt/. As peças do Concurso encontram-se disponíveis na Plataforma Eletrónica desde o dia 20 de outubro de 2021. As propostas devem ser apresentadas até 15 de fevereiro de 2022.

O TMS iniciou a sua exploração em 1992, centrada na importação de carvão para as centrais termoelétricas de Sines e do Pego, tendo mais tarde sido ampliado para permitir a movimentação de vários tipos de carga. Com o encerramento da atividade das duas centrais termoelétricas do país, o TMS tem todas as condições não só para capturar mais carga de hinterland, como também para se reconverter num nó logístico especializado numa nova carga, seja na área do agroalimentar, de outros granéis sólidos, veículos, contentores ou cargas de projeto.

Transporte Marítimo Portos